Como funciona a Drenagem Linfática?

No verão, a preocupação em manter o corpo mais bonito é maior. Um dos tratamentos que ajudam a eliminar peso é a drenagem linfática. Uma técnica de massagem utilizada para drenar e limpar as macromoléculas e resíduos celulares, estimulando o sistema linfático a trabalhar em um ritmo mais acelerado, mobilizando a linfa até os gânglios linfáticos. Com isso, são eliminados o excesso de líquido e as toxinas do organismo.

Benefícios da drenagem linfática

O sistema linfático é uma rede complexa de vasos que movem fluidos através do corpo. Apesar do fluido se mover através do sistema linfático, ele não tem o seu próprio mecanismo de bombeamento. A drenagem linfática é um tipo de terapia que serve para ajudar a linfa a fluir mais facilmente.

A principal função da drenagem linfática é retirar os líquidos acumulados entre as células e os resíduos metabólicos. Ao serem retiradas do local armazenado, tais substâncias são encaminhadas para o sangue através da circulação. Essa técnica também estimula a regeneração dos tecidos, melhora o sistema imunológico, é relaxante e tranquilizante, combate a celulite e a gordura localizada e ainda melhora a ação anti-inflamatória do organismo.

Principais benefícios em realizar a Drenagem Linfática
Desintoxica o organismo.
Elimina líquidos acumulados no organismo.
Ativa o sistema imunológico.
Atua como analgésico.
Alivia hematomas e inchaços após cirurgias plásticas.
Auxilia no tratamento da celulite.

Drenagem Linfática é uma técnica de massagem que trabalha o sistema linfático, estimulando-o a trabalhar de forma rápida, movimentando a linfa até os gânglios linfáticos. A linfa é o líquido existente nos vasos dos gânglios linfáticos. É caracterizada por sua viscosidade, ausência de cor, por conter substâncias orgânicas e inorgânicas, resíduos e toxinas.

Benefícios da Drenagem Linfática
A principal função da drenagem linfática é acelerar o processo de retirada dos líquidos acumulados entre as células, e os resíduos metabólicos; encaminhando-os aos vasos capilares e, por meio de movimentos específicos, direcionando para que sejam eliminados. Essa técnica também estimula a regeneração dos tecidos, melhora o sistema imunitário, é relaxante e tranquilizante, combate a celulite e a gordura localizada e ainda melhora a ação anti-inflamatória do organismo.

É permitida a Drenagem na Gestação?

O edema, ou retenção de líquidos, é um problema comum na gravidez, e a drenagem é ideal para reduzir o incomodo. A drenagem linfática ainda pode ajudar prevenir a celulite e as estrias e diminuir bastante o inchaço corporal ao final do dia.

Este procedimento só pode ser feito com orientação médica que pode ocorrer normalmente a partir do terceiro mês de gestação e a massagem deve ser diferenciada, pois não se deve drenar a região abdominal e da mama, e sim apenas fazer movimentos de deslizamento suaves. A gestante não pode ficar de bruços e por isso a drenagem na parte posterior é feita com a paciente de lado.

As áreas mais comuns em que os linfonodos podem ser sentidos, através da palpação, são :

– Virilha;
– Axila;
– Pescoço (existe uma cadeia de linfonodos de cada lado do pescoço);
– Abaixo da mandíbula e do queixo;
– Atrás das orelhas;
– Na parte posterior da cabeça.

As contra indicações são importantes à serem observadas por pessoas com infecções agudas, insuficiência cardíaca, trombose, hipertensão, câncer, asma brônquica e bronquite asmática.