O que faz a Alta Frequência?

A Alta frequência é uma técnica em que se utilizam vários modelos de eletrodos de vidro com uma corrente alternada de frequência alta, que ao passar por esses eletrodos, no seu interior existe um gás com propriedades físico-químicas que facilita a transmissão da alta voltagem para o outro extremo do eletrodo, esses gases podem ser: árgon, neônio ou xênon, o meio condutor entre a bobina e o cliente, ioniza as moléculas deste gás, produzindo um campo eletromagnético que produz ozônio, na parte externa do vidro.

Com o emprego da alta frequência em procedimentos estéticos como na limpeza de pele, sendo extremamente benéfica no processo de cicatrização de lesões originadas por dermatites graves, realizando um processo de reparação da pele.

Essa técnica é baseada no estímulo elétrico de regiões específicas e selecionadas do corpo, em baixa carga elétrica, para estimular, por exemplo, a produção de colágeno na pele, melhorando a cicatrização.

Com os tratamentos feitos através dos aparelhos de alta frequência, uma série de outros benefícios de saúde estão implícitos. Um desses benefícios é oferecido pelo aparelho, que diminui a proliferação de bactérias aeróbias.

Outro ótimo benefício para a saúde é a otimização da metabolização celular, como, consequência direta da vasodilatação que melhora o fluxo da circulação sanguínea e além disso, melhora a oxigenação na pele.

O tratamento deve ser realizado somente por profissionais treinados e capacitados para o manuseio do equipamento, além de prescrito o seu tratamento por profissionais capacitados.

Essa recomendação é bastante importante, pois, embora seja um aparelho que não ofereça riscos à saúde, se não for corretamente manuseado, podem ocorrer acidentes.

Por esta razão, a prescrição e manuseio desse equipamento, por profissionais é tão importante, para evitar acidentes e lesões com sequelas.

Outra informação importante se refere às contraindicações específicas. Algumas pessoas não devem realizar esse procedimento, por questão de proteção. Sempre é importante questionar as contraindicações com o profissional. É importante que, todas as vezes que alguma pessoa buscar tratamentos estéticos específicos, tenha em mente algumas informações de histórico médico que são importantes para que o tratamento correto seja feito e promova mais saúde, bem-estar e beleza.

Contra Indicações da aplicação da Alta Frequência

  • Regiões que apresentem manchas ou nervos de coloração e espessura alteradas;
  • Aplicação em locais onde existam próteses metálicas;
  • Em portadores de marca-passo cardíaco artificial e/ou de qualquer outro dispositivo eletrônico implantado e/ou na proximidade desse tipo de pacientes;
  • Epilepsia;
  • Gestantes;
  • Neoplasias;
  • Diabéticos descompensados;
  • Alterações de sensibilidade;
  • Pacientes com câncer ou em tratamentos de radioterapia e quimioterapia.